segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Meio Ambiente: o que o cristão tem a ver com isso? – Parte 1

Reflorestamento de mangue na Lagoa de Itaipu - Niterói/RJ


Érica Peixoto - http://prazerdapalavra.com.br/

Você sabia que um estudioso relacionou mais de 2.400 versículos que de alguma maneira se referem ao meio ambiente na Bíblia? Isso corresponde a quase 8% do total! Não podemos ignorar isso!
 
Abaixo colocarei sete razões para você se preocupar com o meio ambiente. Na verdade, você terá sete respostas para a seguinte pergunta: Por que você deve como cristão/cidadão se preocupar com o meio ambiente?
 
Em primeiro lugar, você deve se comprometer com o meio ambiente porque foi Deus que o criou! A Bíblia começa com a seguinte afirmação: “No princípio criou Deus os céus e a terra.” (Gênesis 1:1). Deus planejou e criou todas as coisas com muito zelo, criatividade e perfeição. Se você ama a Deus também deve amar aquilo que Ele criou! A preocupação com o meio ambiente demonstra pra Deus que você o valoriza, que você o reconhece como o criador e dono de todas as coisas. Quem é o dono da terra? A Bíblia nos responde em Salmos 24:1-2: “Do SENHOR é a terra e a sua plenitude, o mundo e aqueles que nele habitam. Porque ele a fundou sobre os mares, e a firmou sobre os rios”. Se você crê em Deus e crê que Ele criou os céus e a terra, você deve se importar em preservar a natureza!
 
Em segundo lugar, você deve se comprometer com o meio ambiente porque a natureza reflete a bondade/glória de Deus! Em Romanos 1:20 está escrito: “Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder, como a sua divindade, se entendem, e claramente se vêem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis”. Quando destruo a natureza, também destruo um pouquinho da manifestação da glória de Deus. Salmos 19:1 diz: “Os céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos”.
 
Em terceiro lugar, porque Deus se utiliza da natureza para ajudar os Seus filhos e para servir como parceira de proclamação do caráter de Deus. Em inúmeros exemplos bíblicos, Deus se utiliza da natureza para ajudar, suprir, exortar ou incentivar o homem. James Jones, em seu livro “Jesus e a Terra”, constata também a preciosa função da natureza ao anunciar as boas-novas. Assim ele escreve: “As aves do céu são evangelistas que cantam as boas novas da providência de Deus para nós na terra: ‘Se ele nos alimenta, alimentará você também’. Deus é a fonte da suficiência sustentável; a humanidade é um obstáculo a ela e não acredita nela. As aves, por sua própria existência, desafiam nossas dúvidas e despertam nossa fé na generosidade da provisão de Deus”.
 
Em quarto lugar, você deve se comprometer com o meio ambiente porque Deus se importa com toda a criação! Deus se importa com a natureza, Deus continua cuidando e se preocupando com a natureza. Mateus 6:26a diz: “Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta”.  Salmos 65:9-10 diz: “Tu visitas a terra, e a refrescas; tu a enriqueces grandemente com o rio de Deus, que está cheio de água; tu lhe preparas o trigo, quando assim a tens preparada. Enches de água os seus sulcos; tu lhe aplanas as leivas; tu a amoleces com a muita chuva; abençoas as suas novidades”. O Salmo que mais revela a preocupação de Deus com a criação é, sem dúvida, o Salmo 104! Ele fala da preocupação de Deus com o sustento e moradia dos animais, a abundância das árvores que Ele plantou etc.
 
Em quinto lugar, porque Deus nos deu a responsabilidade de guardá-lo e cuidar dele. Desde o Éden, Deus confiou a guarda e o cuidado da natureza nas mãos do homem. Quanto privilégio! Quanta responsabilidade! A ardente expectação da criatura espera a manifestação dos filhos de Deus.
 
Em sexto lugar, porque não temos o direito de privar as presentes e futuras gerações de usufruírem das bênçãos naturais que Deus ofereceu para todos os seres humanos. Não tenho o direito de esgotar os recursos naturais como se eles tivessem sido dados apenas para a minha geração. Pensar no amanhã. Pensar no outro. Pensar no meu irmão e se importar com a situação dele. Que mundo nossos filhos e netos herdarão? Eles serão capazes de usufruir as bênçãos de um ar limpo? Sustentabilidade. Responsabilidade. Compromisso. Todos os filhos de Deus deveriam se preocupar com isso.
 
Em sétimo lugar, porque Deus nos ensina por meio dos animais e das plantas. A Bíblia usa muitas comparações entre nós e os animais e os vegetais. Ela é rica nessas comparações com o intuito de nos fazer mais conscientes de nossas características. Através dessas comparações, somos capazes de perceber o que Deus está nos mostrando em relação ao nosso agir e ao nosso pensar. Deus nos dá grandes lições por meio da natureza. Os animais e as plantas são, por diversas vezes, utilizados como exemplos para que possamos aperfeiçoar algumas áreas da nossa vida. Deus quer aperfeiçoar o nosso caráter. Os exemplos se multiplicam: “Vai ter com a formiga, ó preguiçoso; olha para os seus caminhos, e sê sábio”. Pv 6:6. “Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão”. Is 40:31. “Como leão rugidor, e urso faminto, assim é o ímpio que domina sobre um povo pobre”. “Quanto ao homem, os seus dias são como a erva, como a flor do campo assim floresce”. Sl 103:15.
 
A pergunta que todo cristão deve responder no seu íntimo nessa hora é esta: Somos dignos de confiança na mordomia dos nossos recursos?
 
Deus o abençoe.

7 comentários:

  1. A sustentabilidade humana

    Ivone Boechat

    O homem busca, em desespero, mas antes tarde do que nunca, a preservação do que sobrou neste Planeta. Não é impossível, até porque atitudes simples têm o poder de mudar o rumo de coisas importantes. Mas eis o impasse: por que não se começa a educar para o equilíbrio da ecologia humana? Quanto custa o esforço por um abraço, um sorriso, pela manifestação de afeto, pela demonstração do perdão?
    A Escola gasta quase todo o tempo destinado a ela resolvendo equações de primeiro e segundo graus e a criança vive refém de deveres de casa. Professores desesperados ensinam anos e anos a encontrar o valor de X e o jovem sai, na maioria das vezes, sem encontrar o valor dele mesmo. Dirão muitos que a concorrência exige tudo isso na preparação para a corrida desenfreada ao mercado de trabalho: passar nos concursos, nos vestibulares e arranjar emprego, porque geralmente só passa quem sabe mais equação e rebincoca da parafuseta.
    A educação tem os recursos pedagógicos para orientar a humanidade, ajudando a transformar conceitos. É possível mudar comportamentos. Quem falhou? Ao invés de ensinar só teorias, conteúdos, doutrinas, por que não se ensinam valores? Fé, amor, paz, união, misericórdia, fraternidade, solidariedade, preservação? Ensinar ao homem a ser bom é também um grande desafio à educação. Todas as guerras do Planeta têm origem nas doutrinas.
    Quando o homem reflorestar as ideias, podar os galhos secos da ira, regar suas raízes no manancial da fé, vai colher os frutos de um mundo oxigenado de amor. O homem equilibrado vai equilibrar o Planeta!

    (extraído do meu livro Educação-a força mágica)

    ResponderExcluir
  2. Oração da natureza

    Ivone Boechat

    Senhor, no silêncio da alvorada,
    venho pedir-te um favor:
    que os homens,
    respeitem meu ninho,
    minha eterna morada,
    dá-lhes um pouco mais de amor,
    só um pouquinho,
    Senhor,
    quase nada.

    Amanhecer 4ª.edição 2014 RJ

    ResponderExcluir
  3. Oração da natureza

    Ivone Boechat

    Senhor, no silêncio da alvorada,
    venho pedir-te um favor:
    que os homens,
    respeitem meu ninho,
    minha eterna morada,
    dá-lhes um pouco mais de amor,
    só um pouquinho,
    Senhor,
    quase nada.

    Amanhecer 4ª.edição 2014 RJ

    ResponderExcluir
  4. A sustentabilidade humana

    Ivone Boechat

    O homem busca, em desespero, mas antes tarde do que nunca, a preservação do que sobrou neste Planeta. Não é impossível, até porque atitudes simples têm o poder de mudar o rumo de coisas importantes. Mas eis o impasse: por que não se começa a educar para o equilíbrio da ecologia humana? Quanto custa o esforço por um abraço, um sorriso, pela manifestação de afeto, pela demonstração do perdão?
    A Escola gasta quase todo o tempo destinado a ela resolvendo equações de primeiro e segundo graus e a criança vive refém de deveres de casa. Professores desesperados ensinam anos e anos a encontrar o valor de X e o jovem sai, na maioria das vezes, sem encontrar o valor dele mesmo. Dirão muitos que a concorrência exige tudo isso na preparação para a corrida desenfreada ao mercado de trabalho: passar nos concursos, nos vestibulares e arranjar emprego, porque geralmente só passa quem sabe mais equação e rebincoca da parafuseta.
    A educação tem os recursos pedagógicos para orientar a humanidade, ajudando a transformar conceitos. É possível mudar comportamentos. Quem falhou? Ao invés de ensinar só teorias, conteúdos, doutrinas, por que não se ensinam valores? Fé, amor, paz, união, misericórdia, fraternidade, solidariedade, preservação? Ensinar ao homem a ser bom é também um grande desafio à educação. Todas as guerras do Planeta têm origem nas doutrinas.
    Quando o homem reflorestar as ideias, podar os galhos secos da ira, regar suas raízes no manancial da fé, vai colher os frutos de um mundo oxigenado de amor. O homem equilibrado vai equilibrar o Planeta!

    (extraído do meu livro Educação-a força mágica)

    ResponderExcluir
  5. Ecologia humana

    Ivone Boechat (autora)

    Reflorestar idéias,
    reciclar comportamentos,
    irrigar emoções,
    adubar o terreno
    dos perdões...
    podar os galhos ressecados
    de qualquer temor,
    aplainar o olhar social
    dos vencidos,
    buscar os excluídos,
    onde for,
    iluminar , oxigenar, cuidar,
    plantar sementes
    selecionadas de amor.

    ResponderExcluir
  6. Ecologia humana

    Ivone Boechat (autora)

    Reflorestar idéias,
    reciclar comportamentos,
    irrigar emoções,
    adubar o terreno
    dos perdões...
    podar os galhos ressecados
    de qualquer temor,
    aplainar o olhar social
    dos vencidos,
    buscar os excluídos,
    onde for,
    iluminar , oxigenar, cuidar,
    plantar sementes
    selecionadas de amor.

    ResponderExcluir
  7. Amei tudo que li aqui, obrigada. Ivone Boechat obrigada.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...